Breve resumo da história do cinema (continuação)

Em 1903, os cineastas já tinham muitos conhecimentos sobre os planos de imagem.

Edwin S. Porter, um empregado de Thomas Edison, ao refazer “Life of the American Fireman”, reparou que faria mais sentido se as cenas do filme fossem “cortadas” de forma a ficarem em ordem cronológica de acontecimentos (pois antes disto, os filmes eram feitos com planos longos, sem cortes, o que não satisfazia a sensação de continuidade do espectador), criando assim a técnica de edição de filmes.

6.-Film-Reels

Em 1914, surge o primeiro filme de animação, “Gertie, the Dinosaur”.

No início dos anos 20, são feitas as primeiras longas-metragens por Charlie Chaplin e Buster Keaton.

Durante a década de 1920 a indústria do cinema expandiu-se, com o início dos estúdios em Hollywood. Exemplos que ainda hoje são grandes colossos do cinema: Paramount Pictures, Warner Brother Pictures, Metro Golden Meyer, 20th Century Fox, Universal Studios e Columbia Pictures.

Em 1927, com “The Jazz Singer”, são ouvidos diálogos e música pela primeira vez de forma clara na história do Cinema. É também neste ano que a Academia das Artes e Ciências Cinematográficas é criada.

Com o aperfeiçoamento da técnica da Technicolor (Coloração dos filmes), vem a primeira longa-metragem animada “A Brance de Neve e os Sete Anões” em 1937.

Spirit_43_-_Average_Donald_Duck_Title_card_-_títol

Dos anos 40 aos anos 60 houve algumas conturbâncias no mundo do Cinema, devido principalmente á Segunda Guerra Mundial e a dificuldades financeiras na indústria cinematográfica. Alguns estúdios terão chegado ao ponto de grandes dívidas financeiras, como o caso de 20th Century Fox com o flop do filme “Cleopatra”.

Em 1975 e 1977, surgiram os primeiros blockbusters (sucessos de bilheteira cinematográficos), “Tubarão” e “Guerra das Estrelas”, respectivamente. Na década de 70, a ida ao Cinema foi progressivamente ficando uma actividade regular na vida quotidiana das pessoas. Foi também nesta década que as cassetes foram criadas, aumentando assim a popularização do Cinema. Toda a gente podia comprar em cassete os filmes que mais gostava para ver no conforto de sua casa.

Foi no filme “Tron”, de 1982 que foi pela primeira vez usada extensivamente a animação feita por computador.

James Cameron ao realizar a sequela “Terminator 2: Judgement Day” apresentou pela primeira vez movimentos realistas de uma personagem inteiramente feita em CGI (Computer-Generated Imagery).

terminator-2-t-1000-o

Em 1995, o primeiro filme inteiramente animado por efeitos num computador é feito. “Toy Story” é um sucesso de bilheteira, sendo ainda hoje considerado um dos melhores filmes de animação de sempre.

Em 1997 surge o formato DVD, que oferece aos compradores melhor qualidade de som e vídeo do que as cassetes. Os DVD’s oferecem ainda extras como trailers e comentários.

Com sucessos de bilheteira como “Gladiador”, “Senhor dos Anéis” e “Pearl Harbor” e “À Procura de Nemo”, o novo milénio trouxe consigo uma autêntica revolução no uso dos efeitos especiais em filmes. Eram agora uma técnica do presente e não do futuro.

Com invenções recentes como o disco Blue-ray, o formato IMAX e a tecnologia 3D é difícil prever o que virá a seguir, mas algo nunca mudou no Cinema, e isso será a sua capacidade de nos fazer sentir fora da realidade.

Cinema should

Referências: http://ths1.ttsd.k12.or.us/cs/studentwork08/rebe_hubbweb/intro.html

http://aslan369.tripod.com/Movie/Alan.film.html

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s